Está em dúvida sobre como fazer um controle financeiro empresarial? Então chegou no lugar certo! Pensando no bem-estar do seu bolso, nós, da Superdigital, separamos um passo a passo simples e prático, além de dicas matadoras que ajudam a manter as finanças do seu negócio em dia. Se interessou? Confira abaixo. 👇

O que é o controle financeiro empresarial?

Sentiu que o negócio não vai pra frente? As contas estão pagas, mas nada de ter lucro? O fechamento do fim do mês não bate? Em todos esses casos, o controle financeiro empresarial pode te ajudar.

Com ele, é possível manter os gastos e lucros em ordem, além de preparar a empresa para possíveis imprevistos financeiros. E quem não gostaria de ter a “casa” em ordem, certo?

Ainda que o controle financeiro empresarial possa parecer um bicho de sete cabeças, a Superdigital te mostra o outro lado da moeda e como tornar essa ferramenta um aliado para os negócios.

👉 Leia também: Posso trabalhar em dois empregos? Veja as principais regras.

Dicas para montar o seu controle financeiro empresarial

Antes de saber como fazer um controle financeiro empresarial, é preciso ter em mente algumas considerações:

✔️ Conheça o seu negócio — além de saber organizar os lucros e despesas, a primeira recomendação é conhecer a fundo o serviço ou produto que você oferece. Quais são os pontos fortes e fracos? Existe uma concorrência? Qual o seu diferencial?

✔️ Cobre e não tenha medo de precificar — depois de responder às questões acima, chegou o momento de definir valores. Nesse caso, você não quer cobrar abaixo do valor esperado e sair no prejuízo, muito menos cobrar alto e acabar perdendo a clientela.

✔️ Tenha tudo em ordem (até as burocracias) — o brasileiro é muito conhecido pelo seu “jeitinho” de lidar com as pendências burocráticas, certo? Mas, acredite, em muitos casos, essas pendências retornam e se acumulam feito uma bola de neve.

✔️ Mantenha seu serviço e produtos atualizados para o mercado — voltamos ao ponto de conhecer o seu produto: como ele pode melhorar ou se manter relevante para os seus clientes? Você vai precisar de mais investimento? Um parceiro pode contribuir para esse crescimento?

Levou todos esses pontos em consideração? Então vamos ao passo a passo para criar o seu próprio controle financeiro empresarial.

👉 Leia também: VT, VR e mais: quanto custa ter um funcionário?

Como fazer um controle financeiro empresarial?

Além de criar um fluxo de caixa, um bom empreendedor deve sempre seguir 5 pontos essenciais do controle financeiro empresarial. Fique tranquilo, é mais simples do que parece:

1. Comece pela organização: um erro comum de muitos empreendedores é apagar o fogo com palha. Ou seja: retirar o dinheiro de um lugar para pagar outro e, no final, não saber para onde o lucro foi.

Guarde os recibos, peça os comprovantes e notas de todo e qualquer pagamento feito em nome da empresa, independente do valor. Depois, separe o que foi lucro das despesas.

2. Defina metas realistas: tudo parece estar caminhando conforme o esperado. Mas será que está mesmo?

As metas são, sim, essenciais para acompanhar o retorno de todo investimento e trabalho feito. Ainda assim, elas precisam condizer com a realidade.

Busque calcular o faturamento do último ano (ou meses) e tenha uma média de quanto é esperado futuramente.

3. Acompanhe e compare os números: metas definidas, gastos e lucros sendo anotados, mas você chegou a parar por um momento e analisar esses dados de perto?

Uma dica importante, que muitas vezes pode passar batida, é conferir regularmente se os números estão batendo com as expectativas. Em alguns casos, um rombo financeiro surge apenas quando já é tarde demais.

4. Pense nos contratempos e emergências que podem surgir: claro que nem sempre é possível listar todos os imprevistos e estar preparado para lidar com eles.

Se esse for o caso, considere ter uma reserva de emergência, além de especialistas e profissionais que podem lidar melhor com esses dilemas, entre eles: contadores, advogados, etc.

5. Separe os gastos pessoais e empresariais: diversas empresas e empreendedores cometem esse engano quando o assunto é controle financeiro empresarial.

Para te ajudar nesse ponto, separe um salário para si, além de cartões e contas pessoais e empresariais. Não sabe como? A gente te ajuda.

👉 Leia também: 7 benefícios do cartão empresarial para a sua empresa.

Conheça a solução Superdigital para empresas:

Já pensou em diminuir o tempo que você gasta realizando pagamentos e outras burocracias em filas de banco? Na Superdigital, você pode fazer tudo isso enquanto toma um café. Vamos conversar melhor?