É comum, desde a infância, surgir a pergunta “O que você quer ser quando crescer?”. A resposta pode vir rapidamente, mudar conforme os anos ou mesmo não chegar em nenhum momento, mesmo quando adultos. Mas, afinal, quais profissões não exigem faculdade? Como conseguir um bom trampo sem precisar investir 4 anos do seu tempo?

Procurar áreas que não exigem curso superior completo é a primeira opção para conseguir estabilidade financeira e garantir o salário no fim do mês. Apesar desta alternativa, a recomendação é seguir fortalecendo o lado profissional, mesmo com cursos rápidos e experiências no mercado de trabalho.

Por que se profissionalizar?

Hoje em dia, é possível encontrar diversas opções de cursos, dos mais variados valores, horários e grades de estudo, além de incluir muitas profissões. Apesar disso, há quem acredite que se profissionalizar não traz benefícios ou o retorno é muito menor do que o investimento gasto, mas não é bem assim.

Além de comprovar conhecimento no assunto, você gera mais credibilidade para o seu trabalho e mantém atualizadas as suas habilidades como profissional.

Outra vantagem de se profissionalizar por meio de de cursos rápidos, tecnólogos, workshops, etc, é se manter por dentro das mudanças e ser bem-visto pelas empresas que estão contratando. Ou seja: só vantagens para você.

👉 Leia também: Contratado! Veja como se preparar para uma entrevista de emprego.

As vantagens dos cursos profissionalizantes:

Ainda não se convenceu das vantagens dos cursos profissionalizantes? Sem problemas! Confira os principais benefícios que podem te ajudar a dar uma guinada na sua carreira profissional:

1. Entrada no mercado de trabalho — é comum sair do Ensino Médio sem saber muito bem qual profissão seguir, mas com vontade de trabalhar e de conquistar o próprio dinheiro. Com os cursos profissionalizantes, esse processo fica mais fácil e o tempo de investimento é menor.

2. Aumento da renda — outra vantagem de se profissionalizar é complementar na renda de casa. Especialmente para quem já possui um emprego fixo, mas busca alternativas para ter uma graninha a mais no fim do mês.

3. Profissionalização mais acessível — nem todo mundo consegue investir em cursos superiores, como a graduação, que tem uma duração média de 4 anos, além de não sobrar tempo para estudar para cursinhos ou vestibulares. Pensando nisso, os cursos de curta duração são mais em conta e pesam menos no bolso.

👉 Leia também: Odeia o que faz? Veja como trocar de emprego com essas dicas.

Alternativas de profissões sem faculdade:

Agora que você já conhece todas as vantagens dos cursos profissionalizantes, chegou a hora de conhecer as principais profissões sem faculdade e quais habilidades você pode desenvolver com elas:

Fotógrafo — manja de tirar umas fotos conceituais ou mesmo retratos dos amigos? Então, que tal se profissionalizar no ramo? Faça cursos técnicos ou de curta duração e comece a praticar em casa mesmo, vale até com o próprio celular. 📸 Saiba mais aqui.

Vendedor — para se dar bem nessa profissão é preciso ter uma boa desenvoltura, saber lidar com o público e ser ágil para não perder a venda. Mas não esquenta, é possível desenvolver essas habilidades com algumas técnicas simples. 🛍 Saiba mais aqui.

Cabeleireira/barbeiro, manicure/pedicure, estética — nesses casos, além de conquistar clientes e deixá-los satisfeitos com o seu serviço, é preciso dominar algumas técnicas de corte, tintura, etc. ✂ Saiba mais aqui e busque pelo curso desejado.

Secretária, atendente — ser uma pessoa organizada é fundamental para quem deseja trabalhar com secretariado e atendimento ao cliente, independentemente do local escolhido para trabalhar. 💼 Veja como se profissionalizar aqui.

Desenvolvedor e programador — uma das áreas que se destacaram nos últimos anos foi a de desenvolvimento e programação. Por não exigir graduação ou curso superior completo, a profissão vem ganhando espaço no mercado de trabalho, com muitas possibilidades de atuação. 💻 Saiba mais.

Cozinheiro — ser um chef de cozinha sem possuir um diploma em gastronomia é um pouco difícil. Mas existem possibilidades de trabalhar ao lado de um e até se arriscar no controle do fogão, seja fazendo pães, doces ou até refeições do seu próprio restaurante, por que não? 🍲 Conheça os cursos aqui.

Bombeiro civil, policial — nesses dois casos, a contratação de profissionais é feita por concurso público. Busque por cursos focados em segurança pública e segurança, além de reservar um tempo para estudar as provas de edições anteriores do concurso.

Artesão — sabe aquele tricô que a sua avó te ensinou? Ou mesmo esculturas, traçados e outros trabalhos de artesanato que você pensa em vender? Todas estas opções podem se encaixar numa profissão bem lucrativa, basta saber calcular todos os gastos e lucros esperados. Saiba mais aqui.

Youtuber, influenciador — quem nunca sonhou em jogar tudo para o alto e se tornar um digital influencer, né? Mas se engana quem pensa que o caminho é tão fácil quanto parece. Além de dominar as ferramentas digitais, é preciso ter uma boa gestão de conteúdo e muito planejamento. 📱 Veja como investir no ramo.

Quer conhecer mais cursos assim? Tá na mão! Em parceria com a Universia, a Superdigital preparou uma lista completa dos cursos disponíveis que você encontra aqui.

A Superdigital está aqui para descomplicar sua vida.

Seja para mostrar como investir nas profissões sem faculdade ou para ajudar você a lidar com o seu dinheiro, a Superdigital está do seu lado.

Abra a sua conta digital de forma rápida e acessível, sem precisar enfrentar filas de banco e sem consulta no SPC/Serasa. Quer saber como? É só baixar o app da Superdigital neste link, se cadastrar e começar a usar!