Tá “MEI” perdido? Quer abrir o seu CNPJ e se tornar um microempreendedor individual, mas não sabe por onde começar? Fique tranquilo! Nós estamos aqui para te ajudar nessa. Descubra de uma vez por todas o que é MEI, como funciona, quais as regras e todas as vantagens de ser um trabalhador autônomo.

O que é e como funciona o MEI?

Quem nunca sonhou em dar adeus à rotina parada e finalmente tirar do papel os planos de ter um negócio próprio? Ou ganhar uma renda extra com aquilo que sabe fazer de melhor? Isso, basicamente, indica o início do microempreendedor individual.

E não são poucos! Só em 2020, o número de cadastro de MEI bateu recorde, somando mais de 11 milhões de brasileiros buscando alternativas para complementar a renda de casa e se tornar um autônomo.

Pensando em formalizar esses trabalhadores, a Lei Complementar nº 128/2008, em vigor desde 1º de julho de 2009, surgiu para garantir direitos e definir regras para os microempreendedores no Brasil.

Mas como funciona o MEI? Quem passa a ser microempreendedor individual se torna uma Pessoa Jurídica – também conhecida como PJ – e tem um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas) para chamar de seu, além de ter direitos como aposentadoria, licença-maternidade e afastamento remunerado por problemas de saúde.

👉 Saiba como fazer a sua declaração anual do MEI 2021.

Mas, afinal, quem pode ser MEI?

Agora que você já sabe o que é e como funciona o MEI, que tal dar uma olhada nas principais condições para abrir o seu CNPJ? Para isso, é preciso:

• Ter um faturamento anual de até R$ 81.000,00 (por volta de R$ 6.750,00 por mês). Ou seja, receber até R$ 81.000,00 por ano;
• Não receber seguro-desemprego;
• Não ser sócio ou proprietário de outras empresas;
• Praticar uma das mais diversas ocupações da lista de atividades do MEI;
• Ter mais de 18 anos.

Ah, você sabia que trabalhadores CLT também conseguem ser MEI? Mas atenção: caso você seja demitido do seu emprego, perde o direito ao seguro-desemprego. Então, é sempre bom tomar cuidado, beleza?

👉 Quem tem nome sujo pode ser MEI? 🤔

3 vantagens de ser um microempreendedor

Ainda está em dúvida se deve ou não ser MEI? Para te ajudar nessa escolha, separamos algumas vantagens de ser um microempreendedor individual que vai além de ter o próprio negócio (que é uma baita conquista! 🥳). Vamos lá:

• Tenha direito a benefícios importantes, como: aposentadoria, auxílio-doença, salário-maternidade e pensão por morte;
• Pague menos para abrir o próprio negócio: abrir um CNPJ como MEI é mais simples do que parece, e o melhor de tudo: é de graça.
• Conte com o auxílio de outras pessoas: apesar de limitar apenas um funcionário para microempreendedores, o custo para manter essa ajuda extra é bem menor e mais em conta (3% do salário mínimo para a previdência e 8% de FGTS).

👉 4 vantagens do MEI para entregador de aplicativos.

Conheça a conta Superdigital para MEI

Agora que você conhece todas as vantagens de se tornar um MEI, já sabe onde e como guardar o seu dinheiro? Que tal ter uma conta 100% digital, segura, que garanta menos burocracia e elimine as filas bancárias da sua rotina? A Superdigital tem tudo isso. 😁

Baixe o app em uma das lojas Google Play ou App Store ou acesse o nosso site. Tenha a sua conta digital aberta em alguns minutinhos, faça a sua primeira recarga com o nosso cartão de crédito pré-pago, e pronto! É só aproveitar e curtir relaxado. 😎

Psiu! 🥺 Não vá embora ainda! Se liga no conteúdo que separamos especialmente para você:

Tudo que você precisa saber para abrir uma conta bancária MEI.
Pensando em morar sozinho? Dicas para não passar perrengue.
Veja o calendário do Auxílio Emergencial 2021 e saiba quando sacar.