Você já deve ter ouvido a frase “fulano é mais falso que nota de R$ 3”, né? Mas o que poucos sabem é que as notas falsas não são tão simples de identificar e podem causar uma dor de cabeça beeem chata para quem é ou foi vítima desse golpe. 🥴

Quem não se lembra do caso do menino que vendia trufas e foi enganado com uma nota falsa de R$ 100? Para saber se o dinheiro que você está recebendo é verdadeiro ou não, é preciso ficar de olho em alguns detalhes importantes. Olha só:

Como saber se a nota é falsa?

Ainda que as notas falsas sejam recolhidas e descartadas com frequência, alguns golpistas acabaram se especializando nos últimos anos em deixar esse dinheiro “de mentira” cada vez mais “realista”. Isso atrapalha e pode confundir muito as vítimas desse golpe.

Pensando nisso, separamos todos os passos importantes ao receber algum dinheiro físico e conferir se ele é verdadeiro.

Mas fique ligado: você precisa seguir tudo certinho, beleza? Quanto mais elementos de uma nota verdadeira você conhecer, melhor.

1. Sinta a textura da nota: todas as cédulas devem ter o número em relevo. Dependendo do valor de cada uma, esse relevo muda de lugar (notas de 10 e 20 no lado inferior esquerdo, por exemplo).

Nas notas de 20, 50, 100 e 200, você também consegue sentir o relevo no verso da nota, na legenda “BANCO CENTRAL DO BRASIL”, no animal e no valor.

Leia também: Veja como funcionam os golpes no WhatsApp e saiba se proteger.

2. Repare nas notas altas: você já deve ter percebido que quanto maior o valor da nota, maior o cuidado para conferir se ela é verdadeira ou falsa, né?

E não é à toa: quando as cédulas de 50, 100 e 200 são movimentadas, você consegue perceber uma mudança na cor do animal, o número do valor da nota e a palavra “REAIS”, que também muda. Essas são as chamadas faixas holográficas.

3. Coloque a nota na altura dos olhos: quando você fizer isso, repare se alguma figura de animal aparece na cédula, além do número do valor. Essas são as marcas d'água das notas verdadeiras que costumam aparecer contra a luz.

Além dos famosos animais das notas de real (arara-vermelha, garça, mico-leão, onça-pintada, garoupa, tartaruga-de-pente e lobo-guará), o fio de segurança que “corta” a nota é outra marca importante das cédulas verdadeiras. Mas atenção: ele só aparece nas notas de 10, 20, 50 e 100 reais.

Leia também: Teve o cartão clonado? Veja o que fazer para evitar prejuízo.

4. Observe o tamanho da nota: ter o comprimento diferente uma da outra não é à toa. As cédulas do real funcionam como um quebra-cabeça, quanto maior o seu valor, maior o seu tamanho.

5. Monte o quebra-cabeças: também contra a luz, fique de olho nas partes do desenho logo abaixo de “REPÚBLICA”. Elas devem aparecer em todas as notas e montam o número do valor de cada uma.

A caneta detectora de nota falsa funciona?

A última dica para identificar um dinheiro falso é usar a caneta de luz ultravioleta. Nela, você consegue perceber as características de uma nota verdadeira: o número do valor aparece na frente, a numeração vermelha fica amarela e alguns pequenos fios ficam visíveis na cor lilás. Simples e rápido, né?

Leia também: Megavazamento de dados: como saber se fui atingido?

Recebi uma nota falsa e agora?

Xiii, se você suspeita de ter recebido uma nota falsa, o primeiro passo é mandar essa cédula para análise no Banco Central. Tudo vai depender de como esse dinheiro chegou em suas mãos.

Se você sacou algum dinheiro direto no Caixa Eletrônico do seu banco, o mais indicado seria procurar a instituição na mesma hora do saque, antes de repassá-la a alguém. Assim, o estorno do seu dinheiro é mais garantido, e você evita problemas legais.

Isso porque falsificar, fabricar ou alterar um dinheiro legal, no país ou no estrangeiro, é crime previsto no artigo 289 do Código Penal. A pena varia de três a 12 anos de prisão e multa. Melhor não arriscar, combinado?

Se você percebeu que a nota era falsa tarde demais, fique tranquilo: você ainda pode procurar ajuda em qualquer rede bancária e solicitar o recibo de retenção. Mas, caso seja comprovado que a nota é falsa, o reembolso não fica garantido, beleza?

Clientes Superdigital só têm vantagens

Receba, transfira e pague as contas de forma segura, e o melhor de tudo: sem precisar sair de casa. Pois é! Na Superdigital você consegue baixar o app (na PlayStore e na App Store) e abrir a sua conta em menos de 10 minutos, sem comprovação de renda ou consulta no SPC Serasa.