Está atrás daquele cliente que fugiu sem pagar a conta? 😰 Ou ele acabou enrolando para quitar o fiado de meses atrás e agora não responde às suas mensagens e ligações? Fique tranquilo! Para te ajudar nessa missão e evitar ainda mais prejuízo ao seu negócio, a Superdigital preparou um guia simples com técnicas de como cobrar um cliente da melhor maneira. Olha só:

Antes de cobrar um cliente, fique ligado:

Você, leitor, provavelmente já viu alguma plaquinha nos comércios que dizia “fiado só amanhã”, “não peça fiado” ou “fiado só para maiores de 90 anos”. O termo é muito comum entre os comerciantes, especialmente aqueles que já lidaram com golpes e calotes de clientes.

Mas você sabia que esse prejuízo chega de diversas formas? Não só por amigos e familiares, mas por brechas que levam o seu negócio ao aperto.

Para evitar que isso se repita mais vezes, a recomendação é:

• Separar amizade de negócios: pode não ser fácil dizer “não” a alguém, especialmente quando se trata de um amigo ou familiar. Apesar disso, o sucesso do seu negócio, no fim, vai depender das vendas feitas e de uma clientela lucrativa.

• Enviar notificações ou lembretes: deixar a cobrança para última hora acaba atrapalhando todo o processo de recebimento de uma dívida. Lembre-se de avisar o cliente sobre o pagamento alguns dias antes da data de vencimento, oferecendo descontos para quem quitar o débito até um período específico.

• Acompanhar as vendas e cobranças em aberto: puxar sempre pela memória aquela compra que ficou pendurada pode acabar se tornando uma bola de neve. Para saber quem é o devedor, qual o valor e quando foi realizada a compra, crie um controle de vendas — seja por meio de planilhas ou de outras ferramentas.

👉 Leia também: Dia do Economista: dicas para ser chefia do próprio dinheiro.

5 maneiras de cobrar um cliente, sem estresse:

1. Tente uma abordagem mais sutil — evite ameaças que podem complicar ainda mais o seu negócio, afinal, segundo o próprio Código de Defesa do Consumidor, ameaçar ou constranger um cliente é considerado crime. Use do bom e velho conciliador e tente resolver o problema de forma amigável.

Exemplo 1: “Olá, [nome do cliente], tudo bem? Gostaríamos de saber se você está com alguma dificuldade para realizar o pagamento, pois ele ainda consta em aberto. Aguardamos o seu retorno.”

2. Ofereça uma negociação — essa nem sempre é a forma mais desejada de cobrar alguém, já que o objetivo é sempre receber o valor completo da dívida, certo? Apesar disso, uma negociação, ainda que seja em um valor menor, parcelado ou sem juros, pode ser a solução do seu problema.

Exemplo 2: “[nome do cliente], como vai? Notamos algumas pendências de pagamento em seu nome. Vamos resolver juntos essa situação?”

3. Envie as formas de pagamento aceitas — débito, crédito, Pix, depósito ou transferência, ao cobrar alguém, avise como é possível pagar o que se deve. Assim, você garante que a pessoa veja todas as possibilidades para quitar o débito em aberto e aumenta as chances de receber o dinheiro.

Exemplo 3: “Olá, [nome do cliente], você sabia que além do boleto, também aceitamos Pix e cartão de débito ou crédito? Agora ficou ainda mais fácil regularizar o seu pagamento! Entre em contato para saber mais e aproveite.”

4. Tente outros contatos do cliente — em casos nos quais uma pendência fica em aberto, é comum que o devedor deixe de atender o telefone ou pare de ler as mensagens. Ao realizar o cadastro de uma pessoa na sua loja, adicione mais de uma forma de contato, seja ela por email, telefone fixo ou celular.

Exemplo 4: “[nome do cliente], tudo bem? Pedimos desculpas pelo incômodo e prometemos não ocupar muito do seu tempo. Estamos aqui apenas para lembrá-lo do débito em aberto. Aguardamos o seu retorno e agradecemos a sua compreensão!”

5. Mostre compreensão pelo atraso — devido à crise financeira, o endividamento dos brasileiros este ano chegou a um recorde de 74%. O que pode refletir automaticamente nas empresas e em trabalhadores autônomos.

Pensando nisso, ao enviar uma mensagem de cobrança, diga que entende a situação, se mostre aberto e esteja disposto a oferecer novas formas de pagamento, a médio ou longo prazo.

Exemplo 5: “[nome do cliente], como vai? Com a correria ou imprevistos do dia a dia, é possível que você não tenha conseguido efetuar o pagamento do débito em aberto. Mas não se preocupe, oferecemos diversas opções de pagamento. Vamos conversar?”

👉 Leia também: Vai pegar dinheiro emprestado? O que você precisa saber antes.

Já conhece a solução Superdigital para empresas?

Seja para mostrar como cobrar um cliente, lidar com imprevistos financeiros ou para ajudar você a lidar com o seu dinheiro, a Superdigital está do seu lado.

Já pensou em diminuir o tempo que você gasta realizando pagamentos e outras burocracias em filas de banco? Aqui, você faz tudo isso enquanto toma um café. Vamos conversar melhor?