Precisa fazer a sua declaração do Imposto de Renda 2021, mas não faz ideia de por onde começar? Calma! Nós, da Superdigital, estamos aqui para te ajudar nessa. Veja o nosso guia prático sobre o IR e conheça as principais mudanças para este ano, como declarar os rendimentos, quais os documentos necessários, tudo sem complicação.

O que é o Imposto de Renda e como ele funciona?

Como o próprio nome já diz, o IR é um imposto cobrado pelo governo todos os anos sob o quanto você ganha, seja vindo de salário, aluguéis, imóveis, joias, aposentadoria ou outros bens.

Uma vez por ano, o contribuinte (quem paga os impostos) registra os seus ganhos e os investimentos que fez no ano anterior. Depois de ter feito a declaração, a Receita Federal analisa as informações enviadas e devolve os valores retidos.

Quem deve declarar o Imposto de Renda em 2021?

Todos os anos, uma das buscas que mais cresce nessa época é: devo declarar o Imposto de Renda? A resposta é simples: a maioria das pessoas precisa, mas não sabe. Foi pensando nisso que separamos os requisitos básicos para quem é obrigado a declarar os rendimentos, além das novidades para 2021.

Veja abaixo quem deve declarar o Imposto de Renda em 2021, até o dia 30 de abril:

• Recebeu mais de R$ 28.559,70 em rendimentos tributáveis no ano.
• Recebeu mais de R$ 40 mil em rendimentos isentos, não tributáveis ou tributáveis na fonte.
• Negociou ações na bolsa de valores, fez doações ou comprou/vendeu bens acima de R$ 300 mil.
• Recebeu mais de R$ 142.798,50 em atividade rural no ano passado.
• Recebeu R$ 22.847,76 em rendimentos tributáveis, além do auxílio emergencial.

IR 2021: o que deve ser declarado?

Todos os contribuintes (assalariados, prestadores de serviços, sócios de empresa, aposentados e MEIs) devem preencher a declaração com os bens (imóveis, joias e veículos de qualquer valor), fontes de renda (salário, aluguéis, investimentos etc.) e gastos (em educação e saúde) do ano.

É importante informar também os dependentes do contribuinte (filhos e pais, por exemplo).

Como declarar o Imposto de Renda:

Existem duas maneiras de fazer a sua declaração: usando o modelo completo ou simplificado:

• Modelo completo: recomendado para quem possui dependentes, teve muitas despesas em 2020 e gastos em educação e saúde.
• Modelo simplificado: recomendado para aqueles que tiveram poucos gastos, não possuem dependentes ou bens para declarar.

Todos os anos, a Receita Federal disponibiliza o download do programa para preenchimento da declaração. Este ano, além da ferramenta, uma nova página está disponível para tirar as dúvidas dos contribuintes.

Quais são os documentos necessários?

Para fazer a sua declaração do Imposto de Renda 2021, lembre-se de organizar:

• Recibos médicos e de educação.
• Documentos e informações pessoais.
• Comprovante de compra ou venda de bens e/ou ações.
• Documentos de dependentes legais.
• Informes de rendimentos de salários, bens etc.
• Recibos de doações.
• Comprovante de pagamento de pensão alimentícia.
• Errei na declaração do IR 2021, o que eu faço?

Aqueles que esquecem ou erram na declaração, conseguem fazer a retificação (corrigir as informações declaradas) em até cinco anos. O mais recomendável é retificar o quanto antes, mostrando boa-fé e evitando conflitos com a Receita.

IR 2021: Veja a tabela de restituição

• 1º lote disponível em 31 de maio de 2021.
• 2º lote disponível em 30 de junho de 2021.
• 3º lote disponível em 30 de julho de 2021.
• 4º lote disponível em 31 de agosto de 2021.
• 5º lote disponível em 30 de setembro de 2021.

Receba a sua restituição na Superdigital

Você sabia que na Superdigital é possível receber a sua restituição do Imposto de Renda 2021? Este ano, a Receita Federal incluiu as contas digitais como opção para os contribuintes. Abra já a sua conta e fuja da burocracia. ;)